Artigos

Exames na Dieta Cetogênica: quais exames fazer?

É fundamental ter um parâmetro de diversos marcadores antes e durante a Dieta Cetogênica. Aqui, coloco os exames que idealmente sugiro aos clientes, com base no curso de especialização de Dieta Cetogênica médica para Psiquiatria, conduzido pelas nutricionistas Beth Zupec-Kania (Charlie Foundation) e Denise Potter (Advanced Ketogenic Therapies). Abaixo, o slide com os exames pedidos pelas especialistas e a tradução para o português.

quais exames laboratoriais para dieta cetogênica

Principais exames para cetogênica

  • Hemograma
  • Painel Metabólico Completo (ou Abrangente): eletrólitos, cálcio, glicose, sódio, potássio, dióxido de carbono, cloreto, nitrogênio ureico no sangue (BUN), creatinina, albumina, proteína total, fosfatase alcalina (ALP), alanina aminotransferase (ALT), aspartato aminotransferase (AST), bilirrubina.
  • Painel Lipídico: colesterol total, LDL, HDL, triglicerídeos (um lipidograma mais completo conteria, ainda, VLDL). Mantenha em mente o recente estudo com Paul Mason que contraindica o uso de estatinas especificamente para pessoas em low carb. Ainda, a grande pesquisa (Frontiers) de Nick Norwitz, com doutorado no tema e parceiro de Chris Palmer, mostrando que a elevação do colesterol pode ser, inclusive, positiva.
  • Vitamina D
  • Carnitina Livre e Total

Outros exames para Dieta Cetogênica

  • Dexa – Avaliação Corporal por DXA (saiba como estão massa magra e óssea antes de começar para avaliar modificações posteriores e evitar perdas prejudiciais)
  • Função renal: Caso você for seguir uma cetogênica médica, é indicado uma ultrassonografia renal 1x ao ano.
  • Saúde metabólica geral: hemoglobina glicada, insulina, glicose, proteína C reativa.

  • Outros (marcadores de saúde mental + deficiências associadas à cetogênica em médio-longo prazo): selênio, ferritina e ferro sérico, Ácido úrico. Vitamina D, B12, B9 (folato), zinco, cobre, vitamina A, cálcio..

  • Avalie também pressão arterial, frequência cardíaca, peso e circunferência abdominal.

Caso você sofra de condições médicas severas e/ou utilize medicações contínuas, eleve a frequência das consultas nos meses iniciais da Dieta: veja seu médico e seu profissional de Cetogênica semanal ou mensalmente, presencial ou virtualmente.

O processo de adaptação implica mudanças fisiológicas severas, mudanças na concentração sérica de medicações (como ácido valpróico e lítio, por exemplo) e o ajuste de doses possivelmente será necessário nos primeiros meses.

Mantenha em mente: o painel lipídico pode ser significativamente alterado na fase inicial da cetose e/ou enquanto houver emagrecimento. Contudo, fique atento a elevações muito acima dos 35%.

O sugerido é fazer exames antes de entrar na cetogênica e após seis meses ou um ano. Se prosseguir a cetogênica, recomendo uma ultrassonografia renal a cada seis meses ou um ano, especialmente em terapias cetogênicas mais prolongadas ou médicas.

MAS, o exame que dará o painel final da tua jornada cetogênica deverá ser feito 3 meses após tu ter perdido todo peso desejado e saído da cetose, migrando para uma low carb, nos ensina o professor Tim Noakes.

Mais referências: 

Ketogenic therapy in childhood and adolescence: recommendations of the Brazilian experts group

Optimal clinical management of children receiving dietary therapies for epilepsy: Updated recommendations of the International Ketogenic Diet Study Group

International consensus statement on clinical implementation of the ketogenic diet: agreement, flexibility, and controversy